Twitter face ask insta
Love the neighbor.
Poderíamos casar, teríamos um apartamento, tomaríamos café às cinco da tarde, discordaríamos quanto a cor das cortinas, não arrumaríamos a cama diariamente, a geladeira seria repleta de congelados e coca-cola, o armário, de porcarias, adiaríamos o despertador umas trinta vezes, sentaríamos na sala de pijama e pantufas, sairíamos pra jantar em dia de chuva e chegaríamos encharcados, nos beijaríamos no meio de alguma frase, você pegaria no sono com a mão no meu cabelo e eu, escutando sua respiração. Eu riria sem motivo e você perguntaria porque, eu não responderia, saberíamos.
Caio Fernando Abreu. (via inverbos)
Eu não planejei me apaixonar por você, e eu duvido que você tenha planejado se apaixonar por mim.
Nicholas Sparks.   (via inverbos)
Às vezes, começar de novo é exatamente o que uma pessoa precisa. E eu acho que é algo admirável. Muitas pessoas não têm a coragem necessária para fazer algo assim.
Nicholas Sparks.  (via inverbos)

nublei:

Grite até haver silêncio.

Amar, tantos significados e nenhum bate com o que sinto. O meu “amar” tem forma de fome, que chega e dói por dentro e só passa se alimentar-me. E eu me alimento de amores, mas a fome nunca passa. Ela nasce, morre, nasce morre e nasce. Eu procuro meu ponto final, a minha saciação, onde não doa mais e a fome seja algo repentino, que um simples gole da mesma água ou do mesmo amor me baste. E sinto que isso, a minha água, o meu amor eterno, seja você.
Abraão Moura.
(via inverbos)
Se não for hoje, um dia será. Algumas coisas, por mais que impossíveis e malucas que pareçam, a gente sabe, bem lá no fundo, que foram feitas pra um dia dar certo.
Caio Fernando Abreu.  (via inverbos)
Algumas pessoas pensam que estão sempre certas, outras são quietas e irritadas, outras parecem tão bem, por dentro elas talvez se sintam tristes e erradas.
The Strokes. (via inverbos)
FUTURASUICIDA ©